Startup oferece Wi-Fi grátis em locais públicos

Uma mensagem que precisa ser respondida, um e-mail urgente a ser enviado ou aquela foto que não carrega. Quem nunca precisou usar a internet fora de casa ou do ambiente de trabalho e se viu em apuros? Com o intuito de solucionar esse problema, um grupo de empreendedores, com integrantes das cidades catarinense de Jaraguá do Sul e Joinville e da capital gaúcha, Porto Alegre, criou a startup UseMe. A ferramenta visa levar internet via Wi-Fi a locais públicos, de forma gratuita. Em troca, o consumidor só precisa visualizar ou assistir a uma publicidade.

Foto: DINO
Foto: DINO

“A ideia surgiu quando um de nossos sócios estava precisando muito usar a internet para enviar um arquivo por e-mail e não estava conseguindo porque o sinal 3G estava horrível e tinha acabado o pacote de dados dele. Ele, então, foi correndo atrás de algum restaurante ou bar que oferecesse internet grátis, mas levou horas para conseguir solucionar o problema”, explica Bruno Siedschlag, um dos idealizadores do projeto.
Além da boa ideia, o negócio contou com pesquisa de mercado. Estudos mostram que a internet tem influência direta na vida das pessoas e no desenvolvimento econômico do país. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), hoje, o celular é o principal meio de acesso à grande rede no Brasil. No entanto, a maioria das pessoas ainda não conta com um serviço móvel de qualidade.

Dados da Fundação Getúlio Vargas (FGV) apontam que, em 2016, o Brasil chegou a 168 milhões de smartphones em uso, um crescimento de 9% em relação a 2015, quando a base instalada era de 152 milhões de celulares inteligentes. De acordo com o estudo, a expectativa é de que, nos próximos dois anos, o país tenha 236 milhões de aparelhos desse tipo nas mãos dos consumidores, o que representa um acréscimo de 40% em relação ao momento atual.

Diante desse cenário, os desenvolvedores do projeto buscam oferecer uma internet grátis de qualidade em grandes centros urbanos e locais de grande circulação de pessoas, como terminais de ônibus e praças públicas. Inicialmente, a ferramenta está sendo testada em estabelecimentos comerciais nas cidades de Joinville e Jaraguá do Sul. A ideia é diagnosticar a aceitação e o comportamento do consumidor. Em um segundo momento, a solução poderá ser implantada também em espaços públicos, de qualquer lugar do país.

A ideia foi premiada durante a Startup Weekend Smart Cities. O evento aconteceu no Centro Empresarial de Jaraguá do Sul, em maio.

Sobre o UseMe

Premiada durante a Startup Weekend Smart Cities, evento que aconteceu em Jaraguá do Sul, em maio, a UseMe tem o objetivo de levar internet grátis e de qualidade, principalmente, a usuários de smartphones. Em troca do acesso, o consumidor precisa visualizar ou assistir a uma publicidade. A ferramenta deve ser implantada em estabelecimentos comerciais e locais públicos, como praças, terminais, entre outros. Interessados em saber mais sobre a iniciativa podem entrar em contato pelo telefone (47) 9947-7215 ou acessar o site useme.gratis.

Fonte: Dino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *